Agenda

logo ILGA
Teatro: Silêncio Profundo - adaptado da peça: Homossexual ou a Dificuldade de Exprimir-se de COPI
13 a 16 Julho às 21h45 de Julho 2011
Teatro: Silêncio Profundo

 O Armazém NúmerUm repõe:

 
Silêncio Profundo - adaptado da peça: Homossexual ou a Dificuldade de Exprimir-se de Copi
Encenação - Tó Maia
Interpretação – Adriano Barrias, Gina Mendes e Tó Maia
 
Datas -  13 a 16 de Julho
Horário -  21h45 min,
Local - Galeria de Paris (Rua Galerias de Paris, nº56)
Preços- 5 euros bilhete normal e 4 euros estudantes, reformados e profissionais de teatro
 
Contactos para reservas: armazemnumero@gmail.
Telm: 962657894/ 912969687
 
SINOPSE
Irina e Madre estão desterradas na Sibéria, rodeadas dos perigos da neve e dos lobos. Mas serão apenas estes perigos visíveis que as ameaçam? As três personagens centrais da peça trocaram de sexo. Irina, antes rapaz e agora rapariga, está grávida. Desconhece quem é o pai. Contudo, não deixa de nomear possíveis paternidades. A sua “mãe”, Madre, que também mudou de sexo, é surpreendida quando a “filha” lhe revela que o pai do seu filho é ela, a própria “mãe”. Garbo, a professora de piano de Irina, que por castigo de seu pai se viu obrigada a mudar de sexo, assume uma paixão pela aluna e sofre um tremendo choque ao saber que o bebé, que acreditava ser seu filho, foi abortado. Outras possíveis paternidades são apontadas por Irina; como o marido de Garbo (Garbenko) ou então qualquer cossaco com quem se tenha deitado nas casas de banho das estações de comboio. A professora de piano resolve abandonar o marido e ir viver com Irina para a China. Porém um conjunto de acidentes sofridos por Irina (o aborto, um dedo e uma perna partidos, a língua cortada…), acaba por pôr em causa a viabilidade dessa viagem. Dentro de uma teia complexa de relações recheadas de contradições e mistérios e dum passado obscuro a que cada personagem parece pertencer, arquitecta-se um perturbador labirinto onde as personagens se movem e onde qualquer saída que repentinamente parece surgir mais não é que uma nova entrada no mesmo labirinto. Entre as palavras e a acções das personagens, resta, sem dúvida, um profundo silêncio.

Local: Porto, Galeria de Paris (Rua Galerias de Paris, nº56)
PESQUISAR EVENTOS
EVENTOS
<     2017     >
< Maio >
SegTerQuaQuiSexSábDom
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
    

2017
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2016
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2015
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2014
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2013
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2012
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Agosto
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2011
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Janeiro
2010
Dezembro
Novembro
Outubro
Setembro
Julho
Junho
Maio
Abril
Março
Fevereiro
Contacto e Sugestões | Avisos Legais | English