Prevenção IST

logo ILGA

Serviços: Prevenção IST

Assumindo desde cedo uma política de protecção à saúde dos cidadãos como estratégia fundamental e por entender que a prevenção constitui um valor acrescentado e como tal a transmitir a toda a população, a Associação ILGA Portugal tem desenvolvido diversas iniciativas no âmbito da prevenção do VIH (assim como das restantes Doenças Sexualmente Transmissíveis) e da luta contra a SIDA.

Material impresso

A Associação tem dado algum destaque à produção e distribuição de material informativo sobre prevenção do VIH/SIDA e de outras infeções sexualmente transmissíveis. Deste destacaremos o mais recente material, produzido com o apoio financeiro da CNIVS.


Exemplos das últimas publicações são:

brochura: É claro como a água!

brochura: Relacionamentos e sexo – um guia para gays seropositivos

campanha: dicas sexuais

brochura: Não será melhor saber?

campanha: pensa duas vezes

brochura: Linfogranuloma Venéreo (LGV) - Uma infecção sexualmente transmissível em crescendo na Europa

brochura: Nas tuas práticas sexuais, tu escolhes a segurança que queres ter (para lésbicas)
 
Temos exemplares de todos estes materiais disponíveis no Centro LGBT, sendo também regularmente distribuídos na Brigada do Preservativo.

Brigada do Preservativo

Esta iniciativa mensal, no âmbito da prevenção do VIH/sida e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), é o resultado de um esforço concertado de alguns voluntários da Associação ILGA Portugal e consiste na distribuição directa de preservativos e gel lubrificante, fornecidos pela Coordenação Nacional para a Infecção VIH/sida (CNIVS), pelos frequentadores de vários estabelecimentos LGBT do Bairro Alto e Príncipe Real, em Lisboa, assim como pelo Conde Redondo (conhecida zonas de prostituição transgénero). A distribuição é complementada por material impresso que a Associação dispõe sobre prevenção do VIH/sida e outras IST. As brigadas do preservativos realizam-se regularmente desde 2001.

Distribuição gratuita de preservativos

A Associação mantém uma distribuição gratuita de preservativos e saquetas de gel lubrificante (fornecidos pela CNIVS)  Beneficiam destes materiais de prevenção o Centro LGBT, as saunas lisboetas e um conjunto mais alargado de estabelecimentos de entretenimento frequentados por LGBT, nomeadamente bares discotecas e um clube de sexo.

brochura: Relacionamentos e sexo – um guia para gays seropositivos

Associação ILGA Portugal lança brochura destinada a gays seropositivos

 

Ciente das dificuldades que os gays seropositivos têm em retomar uma vida sexual activa ou terem relacionamentos com outros homens após tomarem conhecimento do seu estatuto serológico, a Associação ILGA Portugal lança a brochura intitulada "Relacionamentos e sexo – um guia para gays seropositivos", com recomendações que os auxiliarão a ultrapassarem as suas preocupações e a tomarem decisões informadas sobre relacionamentos e sexo.&8232;Para além de notar que o sexo e os relacionamentos são importantes para qualquer pessoa independentemente do seu estatuto serológico (negativo/positivo), esta brochura realça que o uso consistente do preservativo de forma a reduzir os riscos de transmissão do VIH é muito mais razoável que o isolamento ou abdicar do sexo e de relacionamentos.

Esta brochura é publicada no âmbito de um projecto que conta com o apoio financeiro da Coordenação para Infecção VIH/sida (CNIVS) - Alto Comissariado da Saúde.

Ela resultou da tradução e adaptação da colecção de postais “Relationships and sex – A guide for gay men with HIV”, originalmente concebida pela Terrence Higgins Trust, com autorização desta associação inglesa. Contámos ainda com o apoio da Relevo Branco e com ilustrações e design gráfico de Daniel Barradas.

 

Descarregue aqui a

brochura em formato digital
postais: Dicas sexuais

Associação ILGA Portugal lança colecção de postais visando aumentar a confiança de HSHs em relação ao sexo e dando dicas para o tornar mais seguro

 
A Associação ILGA Portugal lança colecção de cinco postais visando aumentar a confiança de HSHs (homens que têm relações sexuais com outros homens) em relação ao sexo e dando dicas para o tornar melhor e mais seguro.

 
A par de dicas sexuais, cada postal aborda um dos seguintes temas:

  1. Penetração – aborda-se o uso de brinquedos sexuais, bem como o risco de lesões na membrana anal que podem facilitar a transmissão do VIH/sida e outras ISTs (infecções sexualmente transmissíveis);
     
  2. Posições – propõe-se que se tenha preservativos sempre à mão, hábito este essencial à prática consistente de sexo protegido;
     
  3. Sexo oral – recomenda-se evitar a prática de sexo oral a seguir à lavagem dos dentes e o contacto com esperma durante o sexo oral;
     
  4. Cock rings – discute-se a disfunção eréctil e algumas das suas causas e relembra-se que o uso de cock rings facilita a erecção, fundamental para a utilização correcta do preservativo;
     
  5. Massagens – aconselha-se a massagem como uma oportunidade para discutir expectativas e termos do sexo que se pretende praticar e relembra-se que os lubrificantes à base de óleo podem danificar e provocar o rompimento dos preservativos.


Trata-se da segunda de duas colecções de postais dirigidos a HSHs no âmbito de projecto com o apoio financeiro da Coordenação para Infecção VIH/sida (CNIVS) - Alto Comissariado da Saúde

.

 
Esta colecção de postais resultou da tradução e adaptação da campanha “Sex Tips for Boys”, originalmente concebida pela Gay Men Fighting AIDS, com autorização desta associação inglesa. Há que referir ainda o apoio da Relevo Branco e a adaptação gráfica de Vera Luís

.
Descarregue aqui os postais em formato pdf

brochura: Não será melhor saber?

A Associação ILGA Portugal lança a brochura intitulada "Não será melhor saber?" com recomendações destinadas a homens que têm relações sexuais com outros homens (HSH) e que desconhecem o seu estatuto serológico (seronegativo/seropositivo).

Ciente das vantagens do conhecimento do estatuto serológico por parte de HSH

  1. no sentido de minimizar riscos nas práticas sexuais e
     
  2. de contribuir para a gestão dos seus relacionamentos com outras pessoas e das suas prioridades e aspirações,


este material visa esclarecer dúvidas típicas de HSH que desconhecem o seu estatuto serológico e

  1. fomentar o recurso a testes de despistagem do VIH/sida na rede nacional de CAD (Centros de Aconselhamento e Detecção precoce do VIH/sida).


Refira-se ainda que se trata da primeira de quatro brochuras dirigidas a HSH no âmbito de um projecto que conta com o apoio financeiro da Coordenação para Infecção VIH/sida (CNIVS) - Alto Comissariado da Saúde.

Esta brochura resultou da tradução e adaptação da colecção de postais “Better off knowing”, originalmente concebida pela Terrence Higgins Trust, com autorização desta associação inglesa. Contámos ainda com o apoio da Relevo Branco e com ilustrações e design gráfico de Daniel Barradas.


Descarregue aqui a brochura em formato pdf

postais: Pensa duas vezes

Associação ILGA Portugal promove a saúde sexual através do combate a pensamentos e crenças que podem colocar HSHs em risco de transmitir ou contrair o VIH/sida


A Associação ILGA Portugal* lança campanha que se debruça sobre quatro pensamentos e crenças específicos que muitos homens têm, antes e durante as relações sexuais com outros homens, e que os podem colocar em risco de transmitir ou contrair o VIH/sida. A saber:
 

  1. os homens seropositivos dizem sempre aos seus parceiros sexuais que são seropositivos;
     
  2. numa relação, os homens são sempre honestos com o parceiro quando têm sexo desprotegido com terceiros;
     
  3. não é necessário usar preservativo numa relação afectiva estável;
     
  4. os homens seropositivos têm características físicas ou comportamentos que os distinguem dos seronegativos.

 
Trata-se da primeira de duas colecções de postais dirigidos a HSHs no âmbito de projecto com o apoio financeiro da Coordenação para Infecção VIH/sida (CNIVS) - Alto Comissariado da Saúde.

 
Esta campanha resulta da tradução e adaptação da colecção de postais "Think Again", originalmente concebida pela Terrence Higgins Trust (www.tht.org.uk), com autorização desta associação inglesa. Há que referir ainda o apoio da Relevo Branco e a adaptação gráfica de Vera Luís.

 
Veja aqui a campanha

brochura: Linfogranuloma Venéreo (LGV) - Uma infecção sexualmente transmissível em crescendo na Europa

A Unidade de DST do Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT) e a Associação ILGA Portugal lançam a primeira campanha de prevenção e rastreio do Linfogranuloma Venéreo (LGV) que inclui aquele que é o primeiro desdobrável em Português sobre esta infecção sexualmente transmissível (IST).

As Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) são um dos mais importantes problemas de saúde pública em todo o mundo sendo o seu combate uma prioridade da OMS. Estas infecções estão a aumentar sendo co-factores na infecção pelo VIH e responsáveis por infecções agudas ou crónicas e morte. Entre elas o LGV, que pode causar lesões graves no ânus e nos genitais se não for tratado precocemente com antibióticos.

O LGV é frequente em regiões da África, Ásia e Caraíbas, sendo até há pouco tempo raro na Europa. De momento a maioria das pessoas em risco de contrair o LGV são pessoas que têm sexo sem preservativo.

Em Portugal não se conhece o número de casos reais de ISTs uma vez que não existe um sistema consistente de vigilância epidemiológica com apoio laboratorial de qualidade. Mais, algumas ISTs são assintomáticas, pelo que não se sabe ao certo quantos portugueses são portadores de uma IST como o LGV. No entanto a elevada prevalência do VIH parece indicar que existem números elevados das outras ISTs.

A informação, a prática de sexo seguro e o rastreio (principalmente após um corportamento de risco) são os únicos meios que podem impedir a transmissão e as complicações de ISTs como o LGV. É neste sentido que a Unidade de DST do IHMT e a Assoc. ILGA Portugal estabeleceram uma parceria que já se materializou na produção e distribuição de um desbobrável com informação sobre o LGV e dentro em breve iniciarão o primeiro rastreio de LGV em Portugal, como forma prevenir e diagnosticar possíveis indivíduos com LGV.

Parte deste material informativo resultou da tradução e adaptação do desdobrável "LGV: An infection growing among gay men", com autorização da Terrence Higgins Trust, contou com o apoio financeiro da Unidade de DST do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade Nova de Lisboa e com o design da responsabilidade de Moonbase, pode ser obtido no Centro LGBT ou descarregue aqui em formato pdf.

brochura para Lésbicas: Nas tuas práticas sexuais escolhes a segurança que queres ter

Com a edição da brochura Nas tuas práticas sexuais escolhes a segurança que queres ter pretende-se, por exemplo:
 

  1. transmitir informação sobre prevenção do VIH/sida e outras Insfecções Sexualmente Transmissíveis (IST) à comunidade lésbica, de um modo sucinto e informal;
     
  2. fazer um resumo das práticas sexuais que podem implicar um maior risco de transmissão do VIH e de outras IST e, sobretudo, como fazer para que estas práticas sejam seguras;
     
  3. fazer notar que muitas lésbicas acreditam que a infecção pelo VIH/sida não lhes diz respeito pois pensam que só as mulheres que têm relações heterossexuais, ou as que tomam drogas intravenosas, estão em perigo.


Descarregue aqui a brochura em formato pdf

SUBSCREVA NEWSLETTER
PESQUISAR
JUNTA-TE A NÓS
logo facebook logo twitter logo youtub logo sapo videos
Contacto e Sugestões | Avisos Legais | English